• Wandeth Gonzo

O Que Seu Intestino Está Lhe Dizendo?

Atualizado: 28 de fev.



Muitas facetas da vida moderna, como altos níveis de estresse, dormir pouco, comer alimentos processados ​​e com alto teor de açúcar e tomar antibióticos, podem danificar nosso microbioma intestinal. Isso, por sua vez, pode afetar outros aspectos de nossa saúde, como cérebro, coração, sistema imunológico, pele, peso, níveis hormonais, capacidade de absorver nutrientes e até mesmo o desenvolvimento de câncer.


Existem várias maneiras pelas quais um intestino não saudável pode se manifestar. Aqui estão sete dos sinais mais comuns:


1. Dor de estômago


Distúrbios estomacais como gases, inchaço, constipação, diarreia e azia podem ser sinais de um intestino saudável. Um intestino equilibrado terá menos dificuldade em processar alimentos e eliminar resíduos.


2. Uma dieta rica em açúcar


Uma dieta rica em alimentos processados ​​e açúcares adicionados pode diminuir a quantidade de bactérias boas em seu intestino. Esse desequilíbrio pode aumentar o desejo por açúcar, o que pode danificar ainda mais seu intestino. Altas quantidades de açúcares refinados, particularmente xarope de milho rico em frutose, têm sido associadas ao aumento da inflamação no corpo. A inflamação pode ser o precursor de uma série de doenças e até cânceres.


3. Alterações de peso não intencionais


Ganhar ou perder peso sem fazer alterações em sua dieta ou hábitos de exercícios pode ser um sinal de um intestino doente. Um intestino desequilibrado pode prejudicar a capacidade do seu corpo de absorver nutrientes, regular o açúcar no sangue e armazenar gordura. A perda de peso pode ser causada pelo supercrescimento bacteriano do intestino delgado (SIBO), enquanto o ganho de peso pode ser causado pela resistência à insulina ou pelo desejo de comer demais devido à diminuição da absorção de nutrientes.

4. Distúrbios do sono ou fadiga constante


Um intestino não saudável pode contribuir para distúrbios do sono, como insônia ou sono ruim e, portanto, levar à fadiga crônica. A maior parte da serotonina do corpo, um hormônio que afeta o humor e o sono, é produzida no intestino. Portanto, os danos intestinais podem prejudicar sua capacidade de dormir bem. Alguns distúrbios do sono também têm sido associados ao risco de fibromialgia.


5. Irritação da pele


Condições da pele como eczema podem estar relacionadas a um intestino danificado. A inflamação no intestino causada por uma dieta pobre ou alergias alimentares pode causar um aumento do “vazamento” de certas proteínas para o corpo, o que pode irritar a pele e causar condições como eczema.


6. Condições autoimunes


Pesquisadores médicos estão continuamente encontrando novas evidências do impacto do intestino no sistema imunológico. Pensa-se que um intestino não saudável pode aumentar a inflamação sistêmica e alterar o bom funcionamento do sistema imunológico. Isso pode levar a doenças autoimunes, onde o corpo ataca a si mesmo em vez de invasores nocivos.

7. Intolerâncias alimentares


As intolerâncias alimentares são o resultado da dificuldade em digerir certos alimentos (isso é diferente de uma alergia alimentar, que é causada por uma reação do sistema imunológico a certos alimentos). Pensa-se que as intolerâncias alimentares podem ser causadas pela má qualidade das bactérias no intestino. Isso pode levar à dificuldade em digerir os alimentos desencadeantes e sintomas desagradáveis, como inchaço, gases, diarréia, dor abdominal e náusea. Existem algumas evidências de que as alergias alimentares também podem estar relacionadas à saúde intestinal.


7 coisas que você pode fazer pela sua saúde intestinal

1. Reduza seus níveis de estresse


Altos níveis crônicos de estresse são difíceis para todo o corpo, incluindo o intestino. Algumas maneiras de diminuir o estresse podem incluir meditação, caminhada, massagem, passar tempo com amigos ou familiares, difundir óleos essenciais, diminuir a ingestão de cafeína, rir, ioga ou ter um animal de estimação. Aqui estão 10 maneiras de reduzir o estresse.


2. Durma o suficiente


Não ter uma qualidade de sono suficiente ou suficiente pode ter sérios impactos na saúde intestinal, o que, por sua vez, pode contribuir para mais problemas de sono. Tente priorizar pelo menos 7 a 8 horas de sono ininterrupto por noite. Seu médico pode ajudar se você tiver problemas para dormir.


3. Coma devagar


Mastigar bem os alimentos e comer mais devagar pode ajudar a promover a digestão completa e a absorção de nutrientes. Isso pode ajudá-lo a reduzir o desconforto digestivo e manter um intestino saudável.


4. Mantenha-se hidratado


Beber muita água demonstrou ter um efeito benéfico no revestimento da mucosa dos intestinos, bem como no equilíbrio das boas bactérias no intestino. Manter-se hidratado é uma maneira simples de promover um intestino saudável.

5. Tome um prebiótico ou probiótico


Adicionar um suplemento prebiótico ou probiótico à sua dieta pode ser uma ótima maneira de melhorar sua saúde intestinal. Os prebióticos fornecem “alimentos” destinados a promover o crescimento de bactérias benéficas no intestino, enquanto os probióticos são bactérias boas vivas. Pessoas com supercrescimento bacteriano, como SIBO, não devem tomar probióticos. Nem todos os suplementos probióticos são de alta qualidade ou realmente fornecerão benefícios. É melhor consultar seu médico ao escolher um suplemento probiótico ou prebiótico para garantir o melhor benefício à saúde.


Mostre agora para um suplemento probiótico ou prebiótico.


6. Verifique se há intolerâncias alimentares


Se você tiver sintomas como cólicas, inchaço, dor abdominal, diarreia, erupções cutâneas, náuseas, fadiga e refluxo ácido, pode estar sofrendo de intolerância alimentar. Você pode tentar eliminar alimentos desencadeantes comuns para ver se seus sintomas melhoram. Se você conseguir identificar um alimento ou alimentos que estão contribuindo para seus sintomas, poderá ver uma mudança positiva em sua saúde digestiva alterando seus hábitos alimentares.


7. Mude sua dieta


Reduzir a quantidade de alimentos processados, com alto teor de açúcar e alto teor de gordura que você come pode contribuir para uma melhor saúde intestinal. Além disso, comer muitos alimentos à base de plantas e proteínas magras pode impactar positivamente seu intestino. Demonstrou-se que uma dieta rica em fibras contribui tremendamente para um microbioma intestinal saudável.


Recursos:

https://www.healthline.com/health/gut-health

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo