• Wandeth Gonzo

Diferentes Tipos de Anjos e Sua Hierarquia




Os anjos são seres sobrenaturais encontrados em várias religiões e mitologias. Na maioria dos casos, eles são retratados como criaturas celestiais benevolentes que agem como intermediários entre Deus e os humanos. Existem diferentes tipos de anjos com diferentes autoridades, tarefas e aparências.


Primeira esfera:

Este é o nível mais alto de seres divinos na hierarquia celestial. Os anjos nesta esfera são conhecidos como conselheiros celestiais e são conhecidos por estarem mais próximos de Deus e mais distantes dos seres humanos.


Aqui estão os diferentes tipos de anjos na primeira esfera.


1. Serafim:

Os anjos serafins são descritos nos textos bíblicos como tendo uma paixão por Deus que os faz queimar com um amor ardente. Em um dos textos da Cabala judaica, diz-se que os Serafins vivem perto do trono de Deus em um lugar conhecido como Beriyah, que emite energia ígnea.


Os seres divinos que fazem parte dos Serafins incluem:

- Seraphiel: reside no céu e é responsável por conduzir os outros em constante louvor.

- Michael: Viaja frequentemente entre o céu e a terra e tem a tarefa de combater o mal em todo o universo. Ele também faz parte de outra classe de seres divinos conhecidos como arcanjos.

- Metatron: Ele é o recordista oficial do céu. Ele supervisiona e registra todos os detalhes que alguém no tempo pensou, escreveu, disse ou fez.


Os textos religiosos descrevem os Serafins como criaturas celestiais gloriosas com seis asas agrupadas em três pares. O primeiro par cobre seus rostos, o segundo par cobre seus pés e o terceiro par é para voar. Diz-se também que esses anjos têm olhos em todos os lados de seus corpos para ver os feitos de Deus continuamente.


Aqueles nesta posição nunca param de servir e adorar a Deus. No livro do Apocalipse, João fala deles.

2. Querubins

No cristianismo, os querubins são encarregados de guardar o Jardim do Éden, atender a Deus e carregar seu trono.


3. Tronos

Os tronos completam a lista de seres da primeira esfera celeste. No cristianismo, diz-se que eles estão sob o controle de Jesus Cristo. Dizem que eles têm quatro asas e quatro faces. Tronos são os anjos que representam humildade, submissão e paz. Esses seres também são responsáveis ​​por dispensar justiça sem serem obscurecidos pela ambição ou orgulho. Dizem que os tronos são espiritualmente quase perfeitos e muitas vezes emanam luz divina cheia de bondade. Esses anjos estão associados ao julgamento e conselheiros de anjos em níveis inferiores.


O profeta bíblico, Ezequiel, descreveu Tronos como rodas com olhos. Essas rodas são supostamente espíritos angelicais encarregados de mover a carruagem de Deus para frente. Os olhos simbolizam a sabedoria de Deus que tudo vê e tudo sabe.


Segunda Esfera: Aqueles nesta hierarquia são referidos como governadores celestiais. Eles são encarregados de atividades de apoio relativas ao trono de Deus. Quantos anjos existem na segunda esfera celeste? Aqui está uma olhada nos três grupos.

1. Domínios

Domínios são fortes seres celestiais encarregados de governar o universo. Diz-se que a presença desses anjos é frequentemente invocada por humanos por meio de situações, conflitos e emergências que exigem resolução imediata. Os domínios também são os governantes de todos os níveis abaixo deles.


Os domínios estão abaixo dos Querubins, Serafins e Tronos na hierarquia angelical. No entanto, como os governantes gerais, os Dominions têm autoridade sobre os seres divinos em níveis mais altos, como os Querubins. Os domínios raramente entram em contato direto com os seres humanos, embora estejam constantemente envolvidos com suas realidades.


O líder dos Domínios é conhecido como Tsadkiel. Ele muitas vezes ajuda em emergências, ajuda as pessoas a atingir objetivos e tem grande poder de incentivo. Os outros domínios são Lecabel, Omael, Reyel, Sehelah, Lerathel, Haaiah, Nith-Haiah e Vasariah.


2. Virtudes

As virtudes são responsáveis ​​pela manutenção da ordem no universo. Eles muitas vezes emanam energia divina e removem as más influências que afastam os humanos do caminho da retidão. As virtudes são conhecidas por sua realeza, pureza e associação com milagres.


As virtudes também são responsáveis ​​por ajudar os seres humanos a realizar seu propósito dado por Deus, orientando-os para alcançá-lo e guardando suas almas e corpos. O príncipe das Virtudes é conhecido como Rafael. Ele possui poder de cura divino capaz de aliviar os humanos de qualquer dor.


As outras virtudes são Mikael, Asaliah, Ariel, Sealiah, Yelaiah, Veuliah, Mikael e Hahahel. Esses seres costumam proteger pessoas meditativas, organizadas, pragmáticas, realistas, sistemáticas e críticas.


3. Poderes

Os poderes têm a tarefa de restringir os poderes dos demônios e ajudar as pessoas a superar as tentações provocadas por esses seres malignos. Os poderes também garantem que os demônios não consigam infligir danos aos humanos. Os poderes também ajudam aqueles que lutam com vícios e paixões malignas, ajudando a expulsar pensamentos profanos.


Terceira esfera: Os anjos nesta esfera são conhecidos como mensageiros celestes. Eles são basicamente responsáveis ​​pela justiça e autoridade. Aqui está uma olhada nos nomes dos anjos nesta categoria.


Principados:

O que são os anjos dos Principados? Estes são os seres celestiais que zelam por instituições e grandes grupos como igrejas, cidades e países. Os principados também têm a autoridade de anjos de nível inferior para garantir o cumprimento da vontade divina de Deus. Como outros anjos da terceira esfera, os Principados protegem, guiam e entregam mensagens aos humanos. Os anjos da terceira esfera são os mais próximos dos humanos e os mais distantes de Deus, o que facilita a comunicação direta com os humanos.


Arcanjos: Arcanjos são retratados na religião e na mitologia como seres poderosos na ordem celestial, apesar de estarem entre os níveis mais baixos. O número exato de arcanjos não é conhecido, embora a maioria das religiões mencione sete. Aqui está uma olhada nos diferentes tipos de anjos e seus papéis neste grupo.


Michael: Seu nome significa "aquele que é como Deus" e é frequentemente descrito como o mais poderoso de todos os anjos. Dentro da hierarquia celestial, Michael é retratado como um líder e é frequentemente retratado como um guerreiro de espada em obras de arte. Michael ajuda aqueles que buscam vitalidade, energia, coragem, direção e motivação.


Jofiel: O nome Jofiel significa “beleza de Deus” no cristianismo. Jofiel é o santo padroeiro dos artistas terrenos. Ela os ajuda a desenvolver e manter pensamentos bonitos e inspiradores, bem como a manifestá-los para os outros verem. Ela também é responsável por incutir pontos de vista únicos em pessoas talentosas.


Chamuel: O nome Chamuel significa “aquele que vê Deus” no cristianismo. Ele é responsável por manter a paz mundial, reduzindo a energia negativa. Chamuel ajuda os humanos a encontrar coragem e força para superar as adversidades da vida. Ele também ajuda a consertar relacionamentos quebrados.


Raphael: Ele é encarregado da cura emocional e física. Ele também é o chefe das Virtudes. Além de curar humanos, ele também auxilia os curandeiros na realização de suas práticas. Algumas de suas outras tarefas incluem vigiar os viajantes, manter a harmonia geral e eliminar o estresse e o medo.


Gabriel: Este é um dos poucos anjos que são mencionados pelo nome em ambos os testamentos da Bíblia. Ele é encarregado da comunicação e muitas vezes atua como mensageiro de Deus. Gabriel também ajuda artistas, jornalistas, professores e escritores a transmitir suas mensagens.


Ariel: O nome significa “leão de Deus” no cristianismo. O Arcanjo Ariel é o santo padroeiro do meio ambiente e dos animais e ajuda a proteger a terra, a vida selvagem e os recursos naturais. Diz-se que ela trabalha em estreita colaboração com Raphael para curar animais feridos. Ela também supervisiona a ordem dos planetas, estrelas e a lua.


Azrael: Ele é amplamente considerado o anjo da morte em certas religiões. Ele tem a tarefa de ajudar as almas na transição da vida na Terra, bem como confortar aqueles que perdem seus entes queridos. Azrael também ajuda os conselheiros de luto a lidar com a dor daqueles que procuram ajuda deles.


4. Anjos da guarda

Os anjos da guarda são os seres divinos mais próximos dos seres humanos e mais distantes de Deus. Isso possibilita que os anjos da guarda se comuniquem com os humanos da maneira mais direta possível. Esses anjos comunicam a vontade de Deus na vida das pessoas e também protegem os humanos de situações desagradáveis. Um dos assuntos mais emocionantes da mitologia e religião envolve anjos. Por eras, esses misteriosos seres celestiais fazem parte das crenças, orações e, às vezes, desejos dos humanos. Os diferentes tipos de anjos compõem uma hierarquia comumente conhecida como os nove coros de anjos.


Recursos:

1. https://www.legit.ng/1307665-different-types-angels-hierarchy.html


3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo